Faturamento de mídia fica estagnado em 2009

De acordo com o Projeto Inter-Meios, apenas internet, mídia exterior, rádio e TV aberta tiveram crescimento

O faturamento da mídia brasileira com publicidade não está crescendo em 2009. Dados do Projeto Inter-Meios que consolidam o movimento de caixa dos veículos de janeiro a agosto apontam uma pequena oscilação positiva de 0,02% em relação ao mesmo período de 2008. A comparação entre os dois meses de agosto mostra queda de 4,7% neste ano.

Nos oito primeiros meses de 2009, o faturamento somado foi de pouco mais de R$ 13,3 bilhões. O meio com melhor desempenho é a internet, com alta de 22,6%, atingindo R$ 550 milhões.

Somente outros três apresentam crescimento: mídia exterior (11,3%, somando R$ 407 milhões), rádio (6,3%, totalizando R$ 605 milhões) e TV aberta (3,2%, acumulando R$ 8 bilhões).

Em contrapartida, houve queda em guias e listas (-20,6%, R$ 238 milhões), jornal (-11,2%, R$ 2 bilhões), revista (-9,5%, R$ 979 milhões), cinema (-6,9%, R$ 49 milhões) e TV por assinatura (-1,8%, R$ 465 milhões).

Com isso, o share acumulado até agosto é de 60,4% em TV aberta; 14,9% em jornal; 7,3% em revista; 4,5% em rádio; 4,1% em internet; e 3,5% em TV por assinatura.

A informação é da coluna Em Pauta, publicada na edição 1383 de Meio & Mensagem que circula com data de 2 de novembro de 2009.

Texto retirado do portal Meio & Mensagem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: